Então também vou começar com um post no ano novo no estilo do antigo:

Pessoa agora é autônoma e se lascou. Tem que fazer declaração de imposto e chorar pra sobrar no final do mês.

Não me lembro como era no Brasil, mas aqui tem uma rubrica (contabilidade, gente) que se chama Arbeitskleidung (roupa pro trabalho). Tipo, se você é médico e compra um jaleco, deduz do imposto de renda. Se jardineiro, deduz a galocha.

No casa da pessoa aqui que tinha que ir num evento profissional chic e só tinha o vestido? Corre pra comprar sapato de salto alto, um sutiã e uma calcinha que não marcassem e uma meia calça.

Foi separar as contas pra entregar ao contador… Errr… melhor essa não.

Sei lá, vai que a imaginação é fértil, né? Nunca se sabe!